Se não for pedir muito, não seja tão pouco...
Eu estava disposto a aceitar o fracasso, mas não a ideia de nunca ter tentado.
Nicholas Sparks.  (via reverenciador)

Você está presente, em todos os lugares que meus pensamentos me levam.

[…]
- E todo aquele amor?
- Esta guardado.
- Onde?
- No fundo do peito, dentro de uma caixinha, trancada, onde ninguém alcança. Apenas ela tem a chave, mas ela não está interessada em abrir.
- Então liberte esse amor pra outra. Porque não tenta?
- Eu tentei, juro que tentei Zé, mas sempre acontece a mesma coisa. Elas me machucam de tanto tentar abrir e vão embora deixando marcas, no lado de fora e o amor dentro, continua intacto.
- Então ela é a unica que pode abrir, porém não está interessada?
- É, é o que parece…
- E, enquanto ninguém abre?
- Deixarei ele tancando, na esperança de que aos poucos ele vá sumindo, até desaparecer por inteiro. Antes que eu acabe sumindo, por culpa dele.
- Do amor?
- É Zé, o amor.
- Ninguém desiste do amor verdadeiro.
- Não é desistir, é deixar de insistir.
- Você parece cansado.
- Estou, mas por ela eu espero, sempre mais um pouco.
- De pouco em pouco, sua vida se esgota.
- De pouco em pouco ela vem.
- Então, vai esperar que ela chegue pro “felizes para sempre” ou vai ser feliz agora enquanto ainda há tempo?
- Sem ela eu não posso ser feliz agora, mas depois pode ser tarde demais. Zé você apenas me deixou mais confuso.
- Me desculpe, mas é isso que se tem quando se pede opiniões, novas visões do que você passa.
- Você tem razão, por isso a partir de agora, não vou mais dividir com ninguém os meus problemas, e talvez sozinho consiga resolve-los.
- Vale a pena ficar sozinho, em prol de um pouco de felicidade?
- Antes um pouco, do que nada Zé…
Guilherme Batista da Silva

São tantas pessoas falando de amor, e tão poucas sentido.

Página 1 de 1883 1 2 3 4 5

© THEME BY CDS