“Eu era a soma de todos os erros: bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, ideias, nem me preocupava com política. Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não ser. E aceitava isso. Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante; dava muito trabalho. Eu queria mesmo era um espaço sossegado e obscuro para viver a minha solidão.”
+
Bem, sou um homem com muitos problemas e suponho que a maioria sejam criados por mim mesmo. Estou falando de problemas com mulheres, jogo, hostilidade contra grupos de pessoas, e, quanto maior o grupo, maior a hostilidade. Dizem que sou negativo, sombrio e taciturno.

Charles Bukowski

(Fonte: segredou)

(Fonte: livalskare)

+
Do amor
conheço os sintomas
e os hematomas.

Paulo Leminski. 

(Fonte: peitomorto)

+
Ia escrever sobre você de novo. Desisti. Tenho perdido muito tempo com você, tenho perdido todo o meu tempo com você. Me perdi em você, perdi você, agora me perco por você. Perco todo o meu tempo com você. As vezes perco todo o meu tempo perguntando se isso é perda de tempo. Será que você perde o seu tempo comigo? Isso não é sobre você. Isso é sobre eu tentando pensar em outras coisas.

PC Siqueira. 

(Fonte: w-olf-heart)

(Fonte: amplectaris)

(Fonte: malvaddona)

(Fonte: espectroar)

(Fonte: bewarings)

+
O teu infinito
cabe bem
em mim.

Poeticências (via pronuncio)

(Fonte: iliterata)

(Fonte: poesilia)

(Fonte: desvanecerte)

(Fonte: unsparks)

NEXT »
THEME ©